14 jul 2017
Soltos / POR Johnny Guimaraes

Avenida Cristiano Machado

Macárius vestiu a poesia, Eu, um terno. -E os dois saíram à rua para ver o acidente. Macárius recitou a morte, Eu afrouxei a gravata. -E os dois levantaram o jornal Para ver o corpo parecer uma mentira. A poesia dava tapas na cara, O traje me chamava ao escritório. […]

13 jul 2017
Perdidos / POR Johnny Guimaraes

Tudo em ordem

Estava com a consciência andando de um lado para o outro e resolvi entrar no quarto dele. Comecei a arrumar gavetas, colocar as coisas em pilhas e minimizar as dobras de panos. Passei o aspirador de pó e comprei nova pasta de plástico, que aquela estava no fim. Depois do […]

13 jul 2017
Soltos / POR Johnny Guimaraes

Máquina de negar – a partir do filme A Valsa com Bashir

Lembrei-me de uns olhos Lembrei-me de um tapa Qual cor desses olhos que não quero ver? Qual força desse tapa que não engulo? Verde era a cor do olho que me maltrata Ardor era a voz do tapa que me malcria Vermelho era a cor do olho que me vigia […]

12 jul 2017
Perdidos / POR Johnny Guimaraes

Relato sob o outono

          Era quase esquina com Rua Rubem Fonseca, quando um policial à paisana cruzou meu caminho. A trombada foi ligeira, mas como eu corria muito, e ventava muito, e muito estranhos eram meus movimentos, o policial desocupado passou a seguir-me. Corríamos, um atrás do outro. Ele, […]

12 jul 2017
Futebol de rua / POR Johnny Guimaraes

A chegada do coronel

Morávamos num pequeno prédio no Bairro Floresta. A rua era tranquila, algumas árvores por perto deitavam sombras e a meninada dominava as brincadeiras da noite e do dia. Eram tantas as invenções que às vezes observadores de outros bairros vinham para levar nossas idéias e truques para outros cantos da […]

12 jul 2017
Futebol de rua / POR Johnny Guimaraes

As maiores mangueiras do mundo

Eram três grandes mangueiras na casa de vô Hugo. Segundo o que todos diziam, as maiores do mundo. E vô Hugo se orgulhava em lustrar de quando em vez as plaquetas, com as inscrições do mérito dos pés de manga. Imagina!, todo o pódio ali no seu quintal. E ainda […]

Meus livros à venda
Outras Publicações
Menu